Televendas: (41) 3223-5535
Se liga na dica Qual disjuntor certo para seu chuveiro?

A conta é simples. É só dividir a potência do chuveiro (dada em Watts-aquele número que vem antes do “W”) pela tensão da rede (dada em Volts-tem o “V” na frente). Por exemplo: se chuveiro é 6800W e a tensão é 220V, logo o resultado da divisão é de 30,9A. Como não existe disjuntor com a potência de 30,9A é só optar por um número superior, como o disjuntor de 32A. Mas procure sempre um profissional qualificado pra mexer na parte elétrica da sua casa.
Primeiramente se adquiriu um chuveiro elétrico novo, siga sempre as instruções e orientações de instalações do fabricantes, os disjuntores corretos estão sempre indicados na embalagem do produto, porem alguns casos geram duvidas ao consumidor ou eletricista, as vezes perdemos a embalagem ou então temos um outro chuveiro elétrico cedido por alguém e sem a embalagem e especificações, então começa a ficar difícil.
Dicas de Uso e Instalação dos Cuveiros Elétricos

Porque usar o redutor de pressão: o equilíbrio de pressão e fluxo de água é um fator muito importante e determinante para a durabilidade e eficiência energética dos chuveiros, muitos imóveis possuem uma pressão elevada, principalmente os andares mais baixo dos prédios e podem danificar as conexões e encaixes do chuveiro que são acionados justamente pela pressão obtida, quando a pressão estiver desregulada também pode causar um superaquecimento do chuveiro ou simplesmente não aquecer a temperatura ideal.

Não utilize tomadas: as conexões de ligação do cuveiro tende a aquecer e as tomadas geralmente não estão preparadas para isso, o ideal é utilizar um conector de porcelana.
Utilize resistências originais: a durabilidade e confiança de resistências similares e paralelos podem comprometer todo o sistema inclusive danificar totalmente o chuveiro, utiliza somente originais e quando a troca das resistência começar a ser cada vez mais frequente, pense em trocar o chuveiro.

Pense na queda natural de tensão: todo sistema elétrico possui uma perda natural de tensão nos condutores (efeito joule), a dica para um disjuntor que está a mais de 30 metros de distância do chuveiro é substituir o cabo por uma bitola maior que a especificada pelo fabricante.

Fique atento ao tipo de disjuntor: existem diversos modelos e tipos de disjuntores no mercado, porem o especifico para o chuveiro é o disjuntor curva C que é utilizado para cargas resistivas como forno elétrico, ferro de passar, aquecedores, etc. Caso seu disjuntor for antigo tipo nema faça um upgrade para os IDRs que são mais eficientes e detectam fuga para massa, ou seja se alguém encostar no conjunto elétrico do chuveiro, logo este disjuntor IDR irá atuar, diferente dos modelos antigos.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
CLIKSS